Para acabar com o sofrimento de uma menina de seis anos, que tem autismo, uma clinica veterinária de Washington, nos Estados Unidos, marcou uma consulta um tanto inusitada O atendimento aconteceu no gatinho de pelúcia da pequena Jazmine, que há dias estava muito triste por conta da saúde do seu bichinho. A mãe da garota, muito preocupada com a filha, resolveu atender o pedido dela e levar Donnie, o animalzinho de pelúcia, no veterinário.

Segundo a clínica Pioneer, a garota estava “extremamente preocupada” com a saúde do seu bichinho de mentira, o que fez com que a equipe médica, comandada pelo Dr.Maier, não poupasse esforços para examiná-lo. Na página da clínica nas redes sociais foi divulgado um relato de como foi o atendimento. “Informações do paciente: Donnie, gato doméstico; Reclamação: machucado no pé direito da frente; Exame físico: coração e pulmões normais, pequena laceração no pé da frente direito; Tratamento: bandagem no pé da frente direito, continue por alguns dias; Cuidados para casa: dar amor extra e carinhos até que ele esteja melhor”, diz a publicação. “Depois de um exame minucioso e um curativo rápido, esperamos que o Donnie fique completamente recuperado”, finaliza..

O post fez sucesso nas redes sociais A publicação alcançou quase duas mil reações e mais de 800 compartilhamentos. Essa atitude merece uma salva de palmas.