A cidade de São Paulo ganhou sete semáforos em homenagem ao dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro. Neste ano, o feriado foi antecipado para maio, na tentativa de aumentar o isolamento social durante a fase mais aguda da pandemia de Covid-19 no estado de São Paulo.

A ação é da Secretaria Municipal de Cultura, que informou que os semáforos especiais foram colocados em pontos estratégicos e simbólicos da memória negra. Um deles está na Praça da República, ponto tradicional de encontro de manifestações do movimento negro. Outros estão na Avenida Paulista, também conhecida por grandes manifestações.

E outros dois estão na Liberdade, bairro negro cuja memória vem sendo reivindicada por movimentos sociais. Em 2019, a Prefeitura anunciou que o local pode receber um memorial na área que abrigou o Cemitério dos Aflitos, o primeiro cemitério público da capital, no bairro da Liberdade, onde eram enterrados corpos de escravos entre os séculos 18 e 19.

Informações: G1