Para ajudar os alunos que não tinham condições de comprar comida durante o período de pandemia, o professor Zane Powles, da Inglaterra, entregou 7.500 almoços, durante 17 semanas.

O professor chegou a preparar 85 refeições por dia e depois precisava caminhar cerca de 12 quilômetros para entregá-las. Zane, de 48 anos, estima que fez a distribuição de cerca de quatro toneladas de comida. Semana passada, ele fez as últimas entregas, já que a escola onde prepara as refeições fechou para o verão.

“Quando comecei essas caminhadas, fiquei preocupado com as crianças e o bem-estar delas e queria ter certeza de poder ver todos os alunos. Eu precisava saber se eles estavam seguros, se estavam saudáveis ​​e se tinham acesso a comida”, disse o professor.

Zane trabalha como professor assistente, na unidade de comportamento de uma escola primária, no grande porto costeiro de Grimsby, na Inglaterra.

Por causa de seu trabalho, ele já chegou a ganhar o prêmio Inspirational Primary Teacher Teacher em 2019, depois de ter sido indicado por um dos pais dos seus alunos.