Muitas pessoas se mobilizam, diariamente, para fazer o bem e construir um país mais digno para todos. São milhares de casos, espalhados pelo Brasil. No Rio Grande do Sul,por exemplo, a pedagoga Vitória Sant’Anna Silva, de 23 anos, está realizando uma vaquinha online para construir uma biblioteca comunitária no Condomínio Princesa Isabel, no bairro Azenha, uma comunidade carente com um histórico  de violência na capital gaúcha.

Segundo ela, o objetivo é ter um espaço para que as crianças possam ter acesso à cultura e educação fora do ambiente escolar. O local, que vai receber os livros, já está em reforma. A ideia é ter um banheiro adaptado e uma mini-copa, onde serão feitos lanches para as crianças. Vizinhos deram início às obras com materiais de construção doados. Mas, ainda é preciso buscar valores para custos de elétrica, hidráulica e acabamento, além da compra de areia, tijolos e uma porta. Para isso, a campanha precisa levantar R$ 6 mil e já arrecadou R$ 2.900, até a última quarta-feira (31).

O acervo da biblioteca já conta com cerca de 300 livros, além de dois computadores doados. Entre os volumes, há desde literatura infantil até livros didáticos e preparatórios para vestibulares. Segundo Vitória, neste momento não é possível receber mais doações de livros devido à falta de espaço. Ela afirma que o recebimento se dará após a reforma.

Não é a primeira vez que a pedagoga realiza ações em prol das crianças. Em 2018, ela levou 400 crianças e adolescentes ao cinema para assistir o filme “Pantera Negra”.