A ativista climática sueca Greta Thunberg doou um prêmio de US$100 mil dólares, o equivalente a R$ 534 mil, que ganhou do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para a luta contra o coronavírus.  A jovem de 17 anos explicou, em comunicado divulgado pelo órgão internacional, o motivo da sua doação: “Assim como a crise climática, a pandemia de coronavírus é uma crise dos direitos das crianças.”

A nota diz ainda: “Isso afetará todas as crianças, agora e a longo prazo, mas os grupos vulneráveis serão os mais afetados. Peço a todos que deem um passo à frente e se unam a mim no apoio ao trabalho vital do Unicef para salvar as vidas das crianças, proteger sua saúde e continuar com sua educação”, completou.