A democrata Sarah McBride, de 30 anos, venceu a corrida ao Senado pelo estado de Delaware (EUA), e será a primeira senadora transgênero dos Estados Unidos. Pelo Twitter, ela comemorou: “Nós conseguimos. Nós vencemos as eleições gerais. Obrigada, obrigada, obrigada”.

Ainda pela rede sociais, a senadora eleita disse esperar “que esta noite mostre a uma criança LGBTQ que a nossa democracia é grande o suficiente para eles também”. “Como Delaware continua a encarar a crise da covid-19, é o momento de trabalhar para investir em políticas que façam a diferença para famílias trabalhadoras”, ressaltou.

A jovem ativista estagiou na Casa Branca durante a administração de Barack Obama, em 2012, tendo sido a primeira pessoa abertamente trans a trabalhar no local. Atualmente, ela trabalhar como porta-voz da Campanha de Direitos Humanos, a maior organização de defesa LGBTQ dos EUA.

Mais ao norte, em Vermont, a também democrata Taylor Small, de 26 anos, se tornou a primeira representante (deputada) transgênero, obtendo 43% dos 41% dos votos em seus dois distritos.