A empresa farmacêutica brasileira HalexIstarvai vai doar o equivalente a R$ 2,4 milhões em bolsas de paracetamol injetável para mais de 250 hospitais e organizações de saúde no país. A utilização do medicamento é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde como primeira escolha no tratamento dos sintomas associados à infecção pela Covid-19 (como dor, mialgia e febre).

O paracetamol injetável, chamado de Halexminophen, será doado em bolsas prontas para o uso. Além de tratar os sintomas de covid-19, o medicamento contribui com o tratamento de pacientes em clínicas e hospitais que apresentam dor aguda, febre ou que estão no pós-operatório.

“A chegada do Halexminophen ao mercado brasileiro beneficiará os pacientes e o trabalho dos profissionais de saúde, que poderão contar com um produto eficaz, seguro e de manuseio muito mais prático. Buscamos trazer soluções que contribuam de forma significativa para os tratamentos médicos no país”, afirma Paulo Dante Junior, CEO da HalexIstar.

De acordo com informações da empresa, essa nova formulação do paracetamol reduz significativamente a dor no local da injeção e a ocorrência de flebite, o que é mais comum ocorrer com outros analgésicos. Além disso, também reduz o consumo de opioides, drogas que atuam no sistema nervoso para a redução de dor e que podem provocar dependência.