Em meio à crise hídrica no Rio de Janeiro, que chegou a triplicar a coleta de plástico na cidade, a cerveja Corona e o aplicativo de entregas Rappi anunciaram a realização de uma força-tarefa para recolher as garrafas descartáveis de água e reduzir o descarte inadequado de plástico, levando os itens até cooperativas de reciclagem. A ação começou nesta terça-feira(18) e vai até sexta-feira (21).

Segundo João Pedro Zattar, gerente de marketing de Corona no Brasil, “a companhia entende que a maneira mais segura de consumir água no Rio neste momento é por meio das águas engarrafadas, então pensamos em uma forma de contribuir para que estas garrafas cheguem aos locais adequados de processamento e reciclagem”.

Para isso, a marca pensou em uma ação de logística reversa. Dentro do aplicativo de entregas, existe uma função que permite que o consumidor da região metropolitana do Rio de Janeiro solicite um entregador para ir até sua casa ou local de trabalho recolher as garrafas plásticas limpas e vazias. Cada usuário pode entregar até 12 unidades de garrafas por viagem.

Vale lembrar que a água encanada distribuída pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) tem chegado a diferentes partes da Região Metropolitana do Rio com cheiro e gosto de terra – em alguns casos, turva e com coloração escura. O problema teve início no começo de janeiro.