Em meio a pandemia do coronavírus, muitas diaristas foram dispensadas de seus trabalhos. Pensando nisso, o projeto Emprega Comunidades, criado em Paraisópolis, comunidade da zona sul de São Paulo com mais de 100 mil moradores, lançou a campanha “Adote Uma Diarista” para apoiar os profissionais liberais de baixa renda, que estão passando por dificuldades neste momento de quarentena.

Conhecido como o “LinkedIn da favela”, o Emprega Comunidades criou um financiamento coletivo, cujo objetivo é arrecadar recursos para ajudar essas pessoas que não têm como sustentar suas famíliaa. Veja como ajudar neste link!  “Vamos cuidar de quem cuida da sua casa, não vamos permitir que passem fome. Contribua e compartilhe”, afirmou Rejane Santos, fundadora do projeto.  A profissional que precisa de ajudar, deve se cadastrar no site.