Com a proximidade do Dia dos Pais, o Bahia, um dos principais times  de Salvador (BA), lançou uma campanha para ajudar no reconhecimento de paternidade de crianças e adolescentes. Como parte da ação, realizada em parceria com a Defensoria Pública, o clube disponibilizou, durante a semana, a possibilidade de realizar o exame de DNA, de forma gratuita, além de tirar dúvidas sobre o assunto na loja oficial do clube, na Fonte Nova.

O Bahia também publicou em seus perfis nas redes sociais um vídeo, alertando para o alto número de possíveis pequenos torcedores que não terão chance de compartilharem com figuras paternas o amor que sentem pelo futebol e por seu time de coração. No Brasil, cerca de 5,5 milhões de crianças não possuem o nome do pai registrado, segundo os dados oficiais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Não é a primeira vez que o clube realiza este tipo de ação social. Desde o ano passado, o Bahia conta com um núcleo especializado neste tipo de campanha. O combate à intolerância religiosa foi a primeira mobilização deste tipo a fazer sucesso nas redes sociais, em 2018. Ações deste tipo merecem uma Salva de Palmas.