O ator Hugh Jackman, que interpretou o herói Wolverine, enviou uma mensagem de apoio e solidariedade a um menino australiano de nove anos com nanismo que disse querer se matar por causa do bullying constante que sofre de seus colegas de escola. Em suas redes sociais, o ator disse: “Quaden, você é mais forte do que imagina, cara. Não importa o que aconteça, você tem um amigo em mim”, disse Jackman. “Então pessoal, vamos ser mais gentis uns com os outros, bullying não é ok. A vida já é difícil suficiente, então vamos sempre lembrar, todas as pessoas já estão enfrentando algum tipo de batalha, então vamos ser mais legais”.

E não foi só ele quem se comoveu com o caso, pessoas de todo o mundo se uniram em apoio ao menino.  No sábado (22), inclusive, a equipe nacional de rugby australiana Indigenous All Stars fará uma homenagem ao garoto que comparecerá em seu estádio. O comediante estadunidense Brad Williams arrecadou mais de 200 mil dólares para levar para a Disney o pequeno. O ator, que também sofre de nanismo, disse que . criou essa vaquinha para dizer a Quaden que o bullying não será tolerado e que ele é um ser humano maravilhoso que merece alegria”.

A hashtag #StopBullying estava entre as mais citadas no Twitter nesta sexta-feira (21), enquanto as pessoas descreviam suas próprias experiências e pediam para Quaden “aguentar firme”.

O vídeo, que já foi visto mais de 14 milhões de vezes, no qual Quaden diz que quer se matar foi compartilhado pela mãe do menino, como um alerta para os efeitos do bullying em uma criança.“É isso que o bullying faz”, escreveu Yarraka Bayles na legenda do vídeo protagonizado por seu filho. “Temos uma criança suicida que está cansada do bullying que sofre diariamente”. Chorando desesperadamente, o garoto pergunta “qual é o motivo das agressões” e diz que gostaria de morrer.”