Conhecido mundialmente, o DJ Alok, que criou o projeto Vila da Esperança, com o intuito de ajudar as pessoas que vivem no sertão da Bahia, voltou ao local após seis meses, para ver o resultado do trabalho. Desta vez, encontrou um cenário bastante diferente: a vegetação voltou a crescer e os moradores estavam muito mais felizes.

O projeto Vila da Esperança, realizado em parceria com as ONGs Retrato da Esperança e Fraternidade sem Fronteiras, atendeu à comunidade Rio do Vigário, em Canudos, sertão da Bahia, presenteando a população  com a construção de casas, perfuração de poços de água potável com dessalinizadores para consumo e plantações, construção de um centro educacional multiuso e instalação de energia elétrica através de placas solares nas casas”.

Em um vídeo nas redes sociais, ele disse: “Ontem eu presenciei um milagre, é a mão de Deus trazendo vida para a Vila da Esperança. Toda a região continua seca, com exceção do local onde eu tirei a foto. Eu voltei agora e olhe como está, isso foi totalmente a mão de Deus, a natureza”. Abaixo, imagem divulgada por ele destacando o antes e o depois.

O DJ também disse que a mudança também aconteceu nos moradores. “Antes, eles estavam magoados, ressentidos, sem esperança, estavam perdendo a fé. Agora, deu pra ver o sorriso no rosto das crianças, dos adultos, todo mundo feliz, vivo, cheio de esperança”.

Alok finalizou: “A gente não vai mudar o mundo, mas podemos mudar o mundo das pessoas”.