Sem dinheiro para comprar uma mochila para o filho de cinco anos, um pai no Camboja resolveu improvisar. Ele trançou um modelo com grossos fios de plástico para que o menino pudesse levar seu material escolar. O garoto Ny Keng, filho de Thy Nym, chegou à escola com a mochila nas costas. A professora Sophous Suon achou muito curioso e resolveu registrar e publicar nas redes sociais. A imagem teve tanta repercussão que o menino, os colegas e até a escola receberam muitas doações em dinheiro, mochilas e materiais escolares. A ZTO Express, uma empresa local, doou 430 mochilas – uma para cada um dos alunos.

A escola, que fica na Vila Lumpath, no distrito de Kamrieg, no Camboja, atende crianças de 1 a 6 anos, na creche, e alunos de 6 a 15, na escola regular. Na turma do menino há 38 estudantes. A maioria das crianças é criada pelos avós, porque os pais saem do Camboja para procurar emprego na Tailândia.

Alunos de escolas públicas do Camboja não recebem material escolar no início do ano letivo, apenas livros didáticos. Uma mochila nova custaria cerca de 30 mil riels, a moeda local. O valor é o equivalente ao necessário para comprar 10 quilos de arroz. Uma salva de palmas para o pai do menino e para todas as pessoas que fizeram alguma doação para a escola.